DESTAQUES


Professora Ana Cristina: situações inadmissíveis nas escolas

15/03/2019

Ana Cristina: situações inadmissíveis nas escolas
Estamos visitando escolas, estão alagadas e insuportavelmente quentes, o que é natural, o mormaço após as chuvas.
Quero fazer o meu registro que não há qualidade no processo ensino aprendizagem quanto os fatores externos tais como calor e barulho interferem na aprendizagem. Solicitamos da SME a relação dos repasses financeiros feito as escolas, sabemos que estes estão atrasados, o que consideramos INADMISSÍVEL para uma gestão que reivindica a marca de valorização da educação, a não assiduidade dos repasses, reflete sim o abandono da gestão municipal as escolas. No entanto não é só responsabilidade do prefeito, da SME, envolvidos nessa mesma conjuntura, e inassiduidade dos repasses, há realidades diferentes, há gestões escolares humanizados, que aplica os resultados de forma participativas, ouvindo as prioridades, com zelo a gestão financeira dos recursos da escola.
Vamos receber a relação. Vamos divulgar os valores recebidos pelas escolas, vamos também divulgar os motivos das escolas que não receberam. O fato que mesmo atrasado o repasse, as escolas estão recebendo as verbas do ano passado/18, o SINDIUTE conquistou na greve do ano passado, que fosse OBRIGATÓRIO a assinatura de todos os professores no Plano de Aplicação dos Recursos.
Portanto a hora é essa, priorizem a climatização das salas de aulas, e sala dos professores, pois em muitas escolas que estamos visitando, tem ar condicionado na sala da gestão, e em nenhuma outra.
Não há gestão escolar boa, que não cultive a empatia humana, que não se coloque no lugar do outro. Visitei uma escola na regional 3, que a sala dos professores era ampla, climatizada, com televisão, computador, e o que me chamou atenção foram as redes, disponíveis para professores que almoçavam na escola, outra tinha uma salinha climatizada com som ambiente e colchonetes.
Nossa campanha é pelas garantias mínimas de condições de trabalho.
Fonte: SINDIUTE
Foto: Reprodução


Mais notícias...

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!