DESTAQUES


Museu da Escrita é ótimo programa para a família em Fortaleza

07/02/2019

Inaugurado em 2013, o espaço começou sua coleção com a ajuda de colecionadores da cidade e hoje já possui 2.200 peças expostas.

Um bom programa para toda a família e para estudantes é uma visita ao Museu da Escrita, localizado no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. Inaugurado em 2013, o espaço começou sua coleção com a ajuda de colecionadores da cidade e hoje já possui 2.200 peças expostas.

O museu possui 16 salas que ajudam a contar o desenvolvimento fascinante das diversas formas de escrita como as Cuneiforme, Hieróglifa, Grega e Romana. Segundo José Luis Morais, responsável pelo museu, além das salas o visitante encontra uma diversidade de objetos ligados ao processo de junção das letras.

“No meio de tudo, nós encontramos as coleções de perfuradores de papel, de grampeadores, de canetas tinteiro, de canetas penas. Fora as coleções de lápis que nós temos exemplares do mundo inteiro, de todos os modelos e tipos. Temos, por exemplo, lápis feitos de pedra da época da guerra da secessão americana. Além disso, temos livros feitos de pergaminhos e pele de carneiro”, aponta.

Para visitar o museu, é preciso fazer um agendamento prévio. “Os nossos maiores visitantes são membros da nossa juventude. Os colégios são os visitantes mais assíduos. Quem quiser visitar o museu, principalmente os colégios, precisa agendar pelo nosso site. Já as pessoas físicas interessadas em conhecer o museu podem ligar também para agendar, e nossa recepcionista encaixa as pessoas no mesmo dia das visitas dos colégios”, explica.

O imóvel tem aproximadamente 450 m² de área. No local, o visitante também vai encontrar uma loja com venda de objetos sobre o museu e uma lanchonete.

Museu da Escrita

Rua Dr. Walder Studart, 56, Bairro Dionísio Torres
Telefone: (85) 3244.7729

Fonte: Tribuna do Ceará
Foto: Reprodução/Facebook Museu da Escrita


Mais notícias...

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!