DESTAQUES


MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE AO PROFESSOR CRISTIANO, DA ESCOLA MUNICIPAL WALDEMAR BARROSO DE FORTALEZA/CE, E AO SEU LEGÍTIMO DIREITO DE EXERCER A SUA PROFISSÃO

10/12/2019

Os delegados participantes da 3ª Plenária Intercongressual da Confederação
Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, reunidos em Curitiba nos dias 06 e
07 de dezembro de 2019, se solidarizam com o professor Cristiano, da Escola Municipal
Waldemar Barroso, da rede municipal de ensino de Fortaleza/CE.

No último mês de novembro, o professor Cristiano teve sua aula filmada de
forma não autorizada por um de seus estudantes. O vídeo foi apropriado por grupos
partidários do Movimento Escola sem Partido e, de forma deliberada, se espalhou nas
redes sociais de modo calunioso contra o professor que, no livre exercício de sua
profissão, teve a sua imagem e reputação gravemente atacadas e feridas.

A criminalização do exercício do magistério por grupos ideológicos ligados
àquele movimento atacam princípios consagrados no texto de nossa lei máxima. Mas
isso não impede a cruzada insana de pessoas que, em nome de suas ideologias, intentam
impor a censura em nossas salas de aula. Essa temática, aliás, é objeto central do roteiro
de um curta-metragem vencedor de vários prêmios no recém-finalizado Festival de
Brasília do Cinema Brasileiro, intitulado “Escola sem Sentido”. O curta denuncia
exatamente casos como esses que acabamos de presenciar na cidade de Fortaleza com o
professor Cristiano: a partir de uma filmagem de um estudante, todo o processo
pedagógico dentro de uma escola é comprometido pelo clima de perseguição e
denuncismo que posturas desse tipo terminam por gerar em um ambiente que deveria
ser livre.

Todo apoio e solidariedade ao professor Cristiano! Os/as educadores/as
brasileiros/as estão atentos a esse nefasto processo que agride a liberdade de ensino em
nosso país e reflete, como não poderia deixar de ser, os tempos sombrios a que estamos
todos submetidos atualmente no Brasil. Mas coragem nunca nos faltará para denunciar
esse conjunto de arbitrariedades e resistir!

Brasília, 07 de dezembro de 2019
Delegados da 3ª Plenária Intercongressual da CNTE


Mais notícias...

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!