DESTAQUES


Moção de repúdio ao jornalista Roberto Moreira

27/04/2018

Em artigo publicado no Diário do Nor​deste, dia 26 de abril, intitulado “Falta de educação para quem deve ensinar educação”, o jornalista Roberto Moreira apresenta, de forma coerente, a comprovação de manipulação em suas palavras para quem deveria ensinar jornalismo. Uma triste decadência a quem deveria horar  sua atividade jornalistica e agora se presta a ataques grosseiros ao movimento sindical representativo e combativo.
Oculta informações sobre a grande adesão dos professores à greve, omite e distorce as informações sobre índices oferecidos pela Prefeitura de Fortaleza e conclui defendendo descaradamente os procedimentos ditatoriais e antidemocráticos da gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e sua infame ação junto à “Justissa”.
Uma junção grosseira de argumentos que deprecia o papel fundamental que o SINDIUTE e os professores realizam em defesa da educação pública de qualidade nas escolas municipais de Fortaleza, atacando nosso direito constitucional de greve frente aos ataques para rebaixar nossos salários e nossos direitos. Deveria sim registrar que mais de 70 prefeituras do interior do Ceará já concederam o Piso Salarial 2018 e a maior e com maior capacidade econômica que é a da capital tenta manobras indecentes para reduzir nossa remuneração. Se apenas 3 escolas estivessem em greve, como diz o jornalista, certamente não seriamos motivos destes ataques de Roberto Moreira querendo mostrar serviço aos anunciantes poderosos como a Prefeitura de Fortaleza.
Nossa greve continua até a Prefeitura negociar verdadeiramente respeitando a Lei do Piso Salarial e os profissionais da educação pública de Fortaleza, que orgulhosamente são representados por nosso sindicato.
Diretoria do SINDIUTE – Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará


Mais notícias...

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!