DESTAQUES


“Lula será nosso candidato”, afirma Gleisi Hoffmann

28/07/2018

A presidenta do PT e senadora pelo Paraná fala, em entrevista exclusiva ao BDF, de sua candidatura a deputada federal.

A presidenta do PT e senadora pelo Paraná, Gleisi Hoffmann, fala, em entrevista exclusiva ao BdF, da estratégia para manter o ex-presidente na disputa e de sua candidatura a deputada federal

Brasil de Fato – O PT registrará a candidatura de Lula à presidência em 15 de agosto. A senhora acredita realmente que será validada pela Justiça? Quais as alternativas para o PT? 

Gleisi Hoffmann – Vamos lutar para isso acontecer. Com certeza o registro acontecerá no dia 15 de agosto com uma forte mobilização popular. Depois disso, nossos advogados estão preparados para enfrentar todos os questionamentos. Lula é e será o nosso candidato.

Aqui no Paraná, o quadro de candidaturas ainda não está claro. Como a senhora acha que serão as alianças e candidaturas para governador e para o Senado? 

Está tudo muito confuso e, infelizmente, os candidatos competitivos para o governo do Estado estão no mesmo campo político. O que vai dar pouca alternativa ao povo paranaense. Em relação ao Senado, como ao governo, o PT vai lançar candidatos. Mas também tem o compromisso de reeleger o senador Roberto Requião, um lutador, um guerreiro lá no Senado da República.

A informação é que a senhora não disputará novo mandato ao Senado, é pré-candidata a deputada federal? Por que essa opção? E quais suas principais bandeiras? 

Isso mesmo, sou pré-candidata a deputada federal. Minhas principais pautas são as do povo brasileiro. Revogação da emenda constitucional 95 (que congela gastos sociais), da reforma trabalhista, do ensino médio, da tentativa de privatização da Petrobras. Quero estar no Congresso ao lado do presidente Lula, que será o próximo presidente, aprovando projetos que beneficiem o povo brasileiro. Existe também uma estratégia para aumentar a bancada de deputados federais do PT. Acreditamos que com uma bancada forte possamos influenciar mais para uma pauta progressista, que dialogue com os interesses dos trabalhadores. Ser candidata a deputada federal também faz parte de uma estratégia nacional.

Fonte: CUT
Foto: Gibran Mendes


Mais notícias...

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!